Se tiver um surto e o seu neurologista achar que precisa de fazer uma ressonância magnética (um exame ao seu corpo que usa campos magnéticos), pode fazer uma enquanto está grávida.1-3

Se tiver um surto grave, que o seu neurologista acredita que deve ser tratado, há corticóides que pode tomar enquanto está grávida.4 Se tiver um surto muito grave e os corticóides não funcionarem, o seu neurologista poderá propor-lhe um tratamento chamado troca de plasma para «limpar» o seu sangue.1,3

 

Referências:1 – Dobson R, Dassan P, Roberts M, et al. UK consensus on pregnancy in multiple sclerosis: ‘Association of British Neurologists’ guidelines. Pract Neurol 2019;19:106–14

2 – Bove R, Alwan S, Friedman JM, et al. Management of multiple sclerosis during pregnancy and the reproductive years: a systematic review. Obstet Gynecol 2014;124:1157–68

3 – Coyle PK, Oh J, Magyari M, et al. Management strategies for female patients of reproductive potential with multiple sclerosis: an evidence-based review. Mult Scler Relat Disord 2019;32:54–63

4 – Kaplan TB. Management of demyelinating disorders in pregnancy. Neurol Clin 2019;37:17–30

Partilhar:
X