Pode tentar ter outro bebé quando se sentir pronta,1 mas lembre-se de que cada gravidez é diferente. Ter um surto durante uma gravidez não significa necessariamente que teria um surto durante uma futura gravidez.1 O risco de um surto durante uma futura gravidez não é afetado pelo tempo de intervalo entre as gestações.1

É importante que discuta os seus planos familiares com o seu neurologista, pois tal poderá afetar o seu plano de tratamento da Esclerose Múltipla (EM). O seu neurologista ou enfermeiro especializado em EM poderão pedir-lhe que espere até que a EM esteja sob controlo com o tratamento antes de começar a tentar ter outro bebé.2,3

 

Referências:

1 – Benoit A, Durand-Dubief F, Amato MP, et al. History of multiple sclerosis in 2 successive pregnancies: a French and Italian cohort. Neurology 2016;87:1360–7

2 – Hughes SE, Spelman T, Gray OM, et al. Predictors and dynamics of postpartum relapses in women with multiple sclerosis. Mult Scler 2014;20:739–46

3 – Amato MP, Bertolotto A, Brunelli R, et al. Management of pregnancy-related issues in multiple sclerosis patients: the need for an interdisciplinary approach. Neurol Sci 2017;38:1849–58

Partilhar:
X