• O consumo de proteínas deve ser de cerca de 50g a 80g por dia. É aconselhável obter a maior parte destas proteínas a partir de proteína vegetal de alto valor, como o tofu, ou em combinações saborosas de proteína, por exemplo, leite de arroz e muesli;
  • Reduza os alimentos animais para duas ou três vezes por semana, dando-se preferência à carne magra ou peixe;
  • Reduza o consumo de gorduras saturadas, sólidas, de fabrico industrial e de gordura animal;
  • Consuma um máximo de quatro a dez colheres de chá (20g a 50g) de óleo que contenha um elevado número de ácidos gordos polinsaturados, como o óleo de gérmen de trigo ou de linhaça. Estes fornecerão uma quantidade suficiente de ácidos gordos polissaturados;
  • Reduza o consumo de açúcar e de sal;
  • Aumente o consumo de fibra, através da ingestão de mais fruta, vegetais e saladas.

 

Referências Bibliogáficas:

  1. Evans E et al. An overview of the current state of evidence for the role of specific diets in multiple sclerosis. Mult Scler Relat Disord. 2019 Sep 9;36:101393
  2. MS Trust (https://www.mstrust.org.uk/life-ms/diet/healthy-eating)
  3. Environmental Risk Factors for Multiple Sclerosis: A Case-control Study in Kerman, Iran, Iran J Nurs, Midwifery Res. 2018; 23(6):431-436

 

PT/NONNI/1219/0097, aprovado em 12/2019

X