COVID-19: Tudo o que precisa saberViver com EM

Vou deixar de ter acesso à minha medicação?

By 27th Abril 2020 No Comments
Partilhar:

Não deixará de ter acesso à sua medicação de fornecimento hospitalar.

No atual contexto de pandemia por COVID-19, o Governo português e a Autoridade Nacional do Medicamento (Infarmed) garantem que a medicação habitualmente dispensada pela farmácia hospitalar em regime de ambulatório, possa agora ser dispensada nas farmácias comunitárias ou no domicílio do doente, durante o estado de emergência.

A Circular Normativa n.º 5 do Infarmed, de 7 de abril, estabeleceu orientações para que fosse assegurada a continuidade do fornecimento de medicamentos dispensados em regime ambulatório de farmácia hospitalar, evitando assim as deslocações aos estabelecimentos hospitalares, contribuindo assim para a proteção dos utentes que deles necessitem.

Foi ainda montada uma iniciativa, chamada «Operação Luz Verde», que resulta da união de farmacêuticos hospitalares e comunitários e que conta com o apoio institucional da Ordem dos Médicos e da Ordem dos Farmacêuticos. A dispensa da medicação é articulada pela Linha de Apoio ao Farmacêutico e efetuada pela farmácia escolhida pelos doentes.

As farmácias comunitárias asseguram o serviço de entrega ao domicílio, a título individual ou em articulação com os municípios, juntas de freguesia e outras entidades do setor social.

O fundo de emergência «Abem» assegura que este serviço é gratuito até ao final de maio.

Em caso de dúvida, contacte a sua farmácia habitual.

 

Fontes:
Infarmed (https://www.infarmed.pt/)
Ordem dos Médicos (https://ordemdosmedicos.pt/)
Ordem dos Farmacêuticos (https://www.ordemfarmaceuticos.pt/)

PT/NONNI/0420/0044, aprovado em 04/2020


Partilhar:
X