Partilhar:

Conheça as indicações que em Portugal foram partilhadas pelo GEEM, lembrando a comunidade da Esclerose Múltipla dos cuidados particularmente importantes neste período, para juntos – profissionais de saúde, doentes e cuidadores – combaterem a Pandemia do novo Coronavirus.

 

Nota informativa acerca da COVID-19 e as pessoas com esclerose múltipla1

Autoria: GEEM

  1. A esclerose múltipla é uma doença crónica, potencialmente grave que tem de ser tratada precocemente e adequadamente.
  2. Durante o período de pandemia de COVID-19, pode ser necessário o seu médico alterar o plano de tratamento para a esclerose múltipla no sentido de diminuir os riscos de infeção mantendo tanto quanto possível o controlo da doença.
  3. Os medicamentos usados para tratar a esclerose múltipla alteram a ação do sistema imunitário. Os medicamentos imunomoduladores (exemplo: Interferão Beta e Acetato de Glatirâmero) não se associam habitualmente a aumento de risco de infeções ou infeções graves. Outros medicamentos que têm efeitos imunossupressores podem associar-se a um risco aumentado de infeções, incluindo infeções graves.
  4. Os doentes com esclerose múltipla devem manter a sua medicação de modo regular e não suspender a toma do medicamento sem discutir a sua situação com o seu médico. Além da perda de proteção contra a doença, a suspensão de alguns medicamentos pode dar origem a um agravamento da doença com surtos graves e sequelas permanentes.
  5. Os doentes com esclerose múltipla devem cumprir com as recomendações da Direção Geral de Saúde para a população em geral que vão sendo atualizadas regularmente (www.dgs.pt). Os doentes devem adotar as mesmas medidas para diminuir risco de exposição e contágio que a população em geral (exemplo: lavar frequentemente e corretamente as mãos com água e sabão, evitar tocar com as mãos na cara, evitar contactos próximos nomeadamente beijos, abraços, apertos de mãos e evitar locais com aglomeração de pessoas).
  6. No caso do doente com esclerose múltipla ter estado em contacto com um caso confirmado ou suspeito, deve telefonar para a linha Saúde 24 (808 24 24 24) e seguir as indicações. Será importante informar que tem esclerose múltipla e a medicação que está a realizar.
  7. No caso do doente com esclerose múltipla ter dúvidas sobre eventuais medidas adicionais de prevenção de risco ou sobre a medicação que está a tomar deverá contactar o centro de Neurologia onde é tratado.

Clique aqui download de documento GEEM

 

SAIBA MAIS:

O coronavírus e a esclerose múltipla: o que precisa de saber?2-4

O “novo coronavírus”, denominado como COVID-19, é uma doença respiratória nova. Foi detetado pela primeira vez na China em dezembro de 2019 e, neste momento, a Organização Mundial de Saúde (OMS) já considerou como pandemia, por se ter alastrado pelo mundo.

Dado que é uma nova estirpe de coronavírus, ainda há muito por perceber, sobretudo para populações com doenças respiratórias ou doenças crónicas. Para estas populações,  é particularmente importante que sigam as indicações das autoridades de saúde, disponíveis no site da DGS.3

É recomendável que em caso de dúvida, consulte o seu médico de referência ou o centro de contacto SNS24, 808 24 24 24.

Quais são os sintomas e como deve proteger-se?4

As pessoas infetadas podem apresentar sinais e sintomas de infeção respiratória aguda como febre, tosse e dificuldade respiratória. Em casos mais graves pode levar a pneumonia grave com insuficiência respiratória aguda, falência renal e de outros órgãos e eventual morte.

 

Para sua proteção e dos que estão à sua volta4

  • Quando espirrar ou tossir, tape o nariz e a boca com o braço ou com um lenço de papel que deverá ser colocado imediatamente no lixo.
  • Lave frequentemente as mãos com água e sabão ou use solução à base de álcool.
  • Se regressou de uma área afetada, evite contacto próximo com outras pessoas.

 

  1. Nota informativa sobre Coronavirus e EM do Grupo de Estudos da Esclerose Múltipla (GEEM)
  2. Comunicado SEN (Sociedad Española de neurología) sobre Coronavirus e EM
  3. Website MS Trust | https://www.mstrust.org.uk/news/update-coronavirus-covid-19-and-multiple-sclerosis
  4. Website DGS | https://covid19.min-saude.pt/

 

Quando espirrar ou tossir, tape o nariz e a boca com o braço ou com um lenço de papel que deverá ser colocado imediatamente no lixo.

 

Lave frequentemente as mãos com água e sabão ou use solução à base de álcool.

 

Se regressou de uma área afetada, evite contacto próximo com outras pessoas.

 

 

PT/NONNI/0320/0006, aprovado em 03/2020


Partilhar:
X